Longe do meu caminho...

Quando chegaste, não sabia quem eras... foste-me mostrando um pouquinho de ti, e parecias-me igual a todos os outros... Fui ficando mais atenta e percebi que afinal o teu jeitinho tinha algo de especial para mim, até que me dei conta do quão diferentes eras...
Perguntei me muita vez, porque haverias de ter cruzado o meu caminho, e compreendi a sorte que tinha por andares lado a lado comigo...
Passou o tempo, e o caminho chegou ao fim... muito fica por dizer, muitas dúvidas, no entanto, tenho que te agradecer tudo aquilo que sou...
Até amanha!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A Carta

Canção Simples - Tiago Bettencourt

Calma