Ter medo...


Às vezes tenho medo... de ficar sozinha

Comentários

Hidrogenomaleato disse…
Aqui neste teu mundo de sopa expoes um pouco do teu ser e exemplificas como a sensibilidade humana ainda existe num mundo governado pela ganancia e pela miséria.
Mostras o teu refúgio á tua dor e á tristeza ja sofridas, mas devias também mostrar as tuas alegrias e coisas boas pelas quais vele a pena viver.

beijos só para ti...

Mensagens populares deste blogue

A Carta

Canção Simples - Tiago Bettencourt

Calma