Máscara


Usas-te uma máscara, para que eu não pudesse saber quem verdadeiramente eras tu... a tua máscara era linda e deslumbrava qualquer um, tal como as tuas palavras...
Durante muito tempo, acreditei, que o teu falso ser, era verdadeiro, durante muito tempo conseguiste fazer como que eu me iludisse, com que esperasse por ti, com que te dê-se tudo de mim e depois a máscara caiu, e vi quem realmente eras, um ser desprezível, do qual não consigo deixar de pensar um minuto que seja, um ser que só me fez sofrer e no entanto daria a minha vida para poder olhar-te só mais uma vez!

Quem me dera que pudesses voltar a colocar a máscara...

Até amanhã!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Calma

A Carta

Segura-me