No teu olhar...

Ainda me lembro... daquele dia em que olhei para os teus olhos, pela primeira vez...
Nunca antes tinha reparado em como eram lindos, sinceros e transparentes... Nunca antes me tinhas mostrado um olhar tão infinitamente verdadeiro, um olhar de menino, que me dava tanta paz, que me prendia a ti!
Consigo descrever cada traço dos teus olhos, porque de certa maneira eles ficaram gravados na minha mente...

Os meus olhos têm necessidade de ver os teus...

Até amanhã

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A Carta

Canção Simples - Tiago Bettencourt

Calma