Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2007

Nem sempre é fácil...

Às vezes procuro mostrar-me indiferente, e a maioria das vezes até consigo...
Às vezes procuro parecer que estou bem, mas nem sempre é fácil...
Quantas vezes ao longo do dia olho para o telemóvel na esperança de ter notícias tuas... Não tenho, mas também não dou notícias! Tenho o meu orgulho!
Sei que estás bem, muito bem, vi agora que não te faço falta, nunca fiz!
Mas também te vou mostrar que não me fazes falta, vou mostrar-te que dou os meus passos sozinhas, sem precisar que caminhes a meu lado! Tens outra pessoa no meu lugar, espero que não lhe faças o mesmo que me fizeste a mim!
Nem sempre é fácil, esquecer o passado recente, e é ainda tão recente... mas tu rapidamente seguiste a tua vida! Quem me dera puder fazer o mesmo! Não demoraste a esquecer-me já não falo como amor, mas esqueceste-me rapidamente como amiga!
Amanhã se estiveres caído no chão, eu vou ajudar-te a levantar, porque um dia prometi-te amizade acontecesse o que acontecesse!
Mas nem sempre é fácil...

Mudei!

Depois de tudo o que tem acontecido na minha vida, dos dias menos bons que me têm acompanhado, depois de me terem desiludido, depois de ter visto quem está sempre comigo... Mudei!
Na verdade já tinha esta necessidade de mudança à muito tempo, mas nunca tinha tido coragem...
Depois de muito chorar, de muito me lamentar por pessoas que não valem a pena, levantei a cabeça e pensei "tenho que seguir em frente"... e segui!
Agora estou melhor... Os meus Amigos muito me têm ajudado... e a eles quero agradecer do fundo da minha alma... Pelas conversas até às 4 da manha, pelas lágrimas que me secaram, pelos abraços, por tudo mesmo! Graças a vocês estou aqui firme e forte!
Vou tentar esquecer... não perdoar, pois isso não sou capaz, mas vou esquecer todos aqueles que não pensaram em mim, que me magoaram sem qualquer tipo de piedade!
Vou sorrir, rir, dar fortes gargalhadas enquanto jogamos uma partida de Poker ;) e vou ganhar... afinal "Sorte ao jogo..."

Vou ser feliz e sei que só…

Muito mau!!

Como dói esta dor, é tão forte que nem me consigo mexer, é tão intensa que me deixa imóvel... é sentir-me usada, como um simples objecto que não tem qualquer valor... é sentir-me trocada.... como uma coisa que não serve e volta para a loja... Sinto-me tão mal, tão triste, dói tanto!
Se alguém imaginasse como estou imóvel a deixar esta dor dar cabo de mim... Questiono cada palavra, cada segundo, cada gesto... Abdicar daquilo que se gosta e saber que não se faz falta, é tão doloroso... Mata-me por dentro saber que estás bem, saber que está alguém num lugar que podia ser meu... Destrói-me esta dor, que faz com que as lágrimas me saltem dos olhos, num simples café...
Engolo esta dor e mostro um sorriso, e quando ninguém está perto grito desesperadamente e reclamo a paz de que tanto preciso... E onde está aquele abraço... não está!
Peço por tudo para que me deixem ser feliz, porque me iludem, porque me usam, porque me deitam fora?

Não pensaram um único momento em mim...

Acabou... Começou?

Acabou... Iludiste-me, usaste-me e depois deitaste-me fora! Espero que te arrependas muito, espero que sofras muito, espero que te sintas muito mal!! Um dia disse-te que seria sempre tua amiga, mas hoje venho dizer-te que não, não sou, não vou ser... não quero ser!! Desrespeitaste-me e os meus amigos não me fazem isso!! Pensava que no fundo significava alguma coisa, mas vi que significava apenas os teus 20 minutos de prazer... Fui o teu escape... Aquela que estava lá quando as outras não te queriam! Acabou!! Sinto-me tão idiota, como pude por um segundo que fosse pensar que ias mudar, e tu és tão burro, como pudeste por um minuto sequer pensar que eu gostava de ti... Para eu gostar de alguém essa pessoa tem que ter certas qualidades que tu não possuis! Agora, que sei, que nunca mais te quero ver, tudo faz sentido na minha cabeça, as perguntas sem resposta, as palavras bonitas sem retribuição, as horas de espera... tudo ganha sentido!
Amanhã se a minha cabeça pensar em ti, vou bater tan…

Triste...

Imagem

Desisto

Há momentos em que sentimos que não há mais nada a fazer, por mais coisas que se digam, por mais coisas que se façam, nada vai mudar... Há momentos em que olhamos para trás e vemos que tudo não passou de uma perda de tempo, que foi tudo uma grande mentira, que não passou tudo de um erro... Há situações, em que nos sentimos tão idiotas, que parece que andamos a dormir, que não conseguimos enxergar o que era tão óbvio! É nestes momentos que soa aquela belissíma frase "eu avisei-te"... e como fui avisada!!!! Ai, como me sinto idiota, como me sinto estúpida!!! Acreditei que aqueles momentos eram alguma coisa a mais do que momentos... Que burra!!!! Acreditei que um "quero estar contigo" poderia significar um "quero ficar contigo"... Como fui estúpida!! Mas acordei, levei um abanão e acordei!!! E desisti... não sou de desistir, mas quando n vale a pena...