Para o Miguel!

Quando falei contigo tinha ainda presente uma pessoa que nos é comum, na primeira conversa estava ainda presente na minha mente a proximidade entre vocês e por isso me restringi a falar tanto de mim...
Mas devagarinho me foste mostrando, quem eras, foste verdadeiro comigo, e adorei isso em ti! Hoje adoro falar contigo, sinto-me muito bem quando falamos e gosto das coisas que me dizes, considero-te um verdadeiro amigo e espero puder contar sempre contigo... O facto de tirares as tuas conclusões sobre mim sem te importares com a opinião "dele" mostrou-me que és uma pessoa diferente, mostrou-me que consegui cativar-te pelo que sou e isso deixa-me muito feliz.
Quando precisares eu estarei aqui, quando quiseres abrir o teu coração cá estarei para te compreender e se for preciso, ralhar contigo, porque sou tua amiga!

Gosto de ti!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A Carta

Canção Simples - Tiago Bettencourt

Calma