Caminho errado!


Mais uma vez, mais um caminho errado... Fui eu que o escolhi, fui avisada dos perigos, mas decidi arriscar, decidi seguir mesmo de olhos fechados o caminho que se abria à minha frente... Dei-te a mão sem pôr em causa o teu carácter... como faço sempre! Que ingénua!! Pedi-te para não me fazeres sofrer, mostrei-te a forma como deverias agir, para não me magoares, mas mesmo assim não adiantou!
E agora? Simples, vou virar costas ao caminho errado, e vou continuar a procurar o certo... E será sempre assim!? Será que terei sempre que procurar algo, ou o melhor será parar e esperar que esse algo me encontre a mim?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A Carta

Canção Simples - Tiago Bettencourt

Calma